<$BlogRSDUrl$>

sábado, outubro 25, 2003

A côr do copo 

O antagonismo entre as formas exteriores das religiões não afecta a Verdade essencial, una e universal que existe em todas elas. Acabo de ler sobre um místico muçulmano sufi, Djunayd de seu nome, que disse algo espantosamente simples e verdadeiro: "a água toma a côr do recipiente em que é vertida".
Já aqui, no meu 2º post, tinha reflectido sobre isto. Percebendo-o, tudo se torna mais fácil.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?