<$BlogRSDUrl$>

terça-feira, outubro 21, 2003

O coração das trevas 

Transcrevo com o coração encolhido o que é dito em Azimutes:
"Dorme, Catarina. Dorme, pequenina. Nunca mais, nunca mais te farão mal. Nunca mais. As instituições do meu país asseguram-te agora a paz. A acontecer, será sempre a outros, nunca mais a ti, que estás longe, muito longe, agora, de toda a dor. Dorme..."

Meu Deus, livrai-nos do Mal.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?