<$BlogRSDUrl$>

quarta-feira, março 24, 2004

Heart attack and vine 

O Francisco José Viegas, será talvez a pessoa da blogosfera que eu mais respeito. Respeito não exprime bem. O Francisco José Viegas, será talvez a pessoa da blogosfera de quem eu mais gosto. Gosto da sua polidez, da sua sabedoria livre de qualquer jactância, do esforço de honestidade intelectual que tenta imprimir ao que escreve, mesmo naquelas polémicas mais agrestes. O Aviz é um blogue que leio várias vezes ao dia, sempre com prazer e proveito, mesmo quando discordo do Francisco. Não o conheço pessoalmente mas imagino que deve ser daquelas pessoas com quem é impossível zangar-se. Como dizem os franceses: "un brave homme".
Há temas a que ele se tem dedicado e nos quais partilho inteiramente as suas opiniões: a esterilidade do debate que se faz em Portugal, seja qual for o assunto, a alimentação dos egos como razão primeira para projectar a opinião própria, o patrulhamento ideológico. Tudo isso existe e tudo isso é triste. E o Francisco tem sido um exemplo do contrário de todo esse fado.
Ora bem, ontem o Público anunciava que o filme Paixão de Cristo já foi visto por mais de 250.000 espectadores portugueses ao fim de 10 dias de exibição e que já facturou cerca de 300 milhões de dólares nas bilheteiras dos EUA, sendo já um dos maiores "blockbusters" de sempre apesar de ou por causa de toda a polémica que precedeu a estreia. Equivale mais ou menos a 60 milhões de bilhetes vendidos!
Ontem também, no Aviz podíamos ler outro dado importante: um pastor brasileiro morreu de ataque cardíaco durante o visionamento do filme sendo já a segunda pessoa a quem isso aconteceu após um primeiro e infausto acontecimento num cinema de Wichita, Kansas.
Fiquei a pensar: será isto um exemplo daquela elocubração adversativa que o Francisco tão bem identificou nalguns polemistas da nossa praça?
Isto não é uma crítica, é mais um lamento sobre as consequências do ambiente do debate entre nós. Sobretudo se fôr naqueles que mais admiramos.

PS: Devo confessar que ainda não vi o filme. Mas vou ver. Antes porém vou fazer uma prova de esforço.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?