<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, abril 11, 2005

O homem que era 6ªfeira 

Então Deus disse: Façamos o homem à nossa imagem e semelhança. Que ele reine sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos e sobre toda a terra, e sobre todos os répteis que se arrastem sobre a terra. Deus criou o homem à sua imagem; criou-o à imagem de Deus, criou o homem e a mulher. Deus os abençoou: Frutificai, disse ele, e multiplicai-vos, enchei a terra e submetei-a. Dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra. Deus disse: Eis que eu vos dou toda a erva que dá semente sobre a terra, e todas as árvores frutíferas que contêm em si mesmas a sua semente, para que vos sirvam de alimento. E a todos os animais da terra, a todas as aves dos céus, a tudo o que se arrasta sobre a terra, e em que haja sopro de vida, eu dou toda erva verde por alimento. E assim se fez. Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom. Sobreveio a tarde e depois a manhã: foi o sexto dia.
Porque é que eu enfio aqui o Génesis outra vez? Para vos mandar ver duas representações gráficas da mesma coisa: a do carteirista Paulo Ribeiro e a do carreirista Francisco d´Ollanda. Ah, e também porque queria lembrar a um hereje amigo, blogger incensado e insensato, que bom seria cuidar das trentações do mundo. Sim, das trentações!
Disse.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?